Videos

ads header

Últimas Notícias

Sampaio Corrêa vence o Paraná e garante vaga na terceira fase da Copa do Brasil

Na próxima etapa da competição nacional, a Bolívia Querida enfrentará a Ponte Preta.



SÃO LUÍS - O excelente início de temporada do Sampaio Corrêa foi colocado à prova mais uma vez na noite desta quinta-feira (22), em partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil. Atuando ao lado de seu torcedor, no Estádio Castelão, a Bolívia Querida teve que enfrentar o Paraná, que disputará a Primeira Divisão em 2018 e nunca tinha sido derrotado pelo time maranhense em jogos oficiais. O cartaz e o histórico do adversário poderiam intimidar, mas o Sampaio mostrou a sua força mais uma vez: mesmo perdendo muitas oportunidades de gol, o Tubarão derrotou a equipe paranaense por 1 a 0 e confirmou a presença na terceira fase da competição nacional pelo segundo ano consecutivo.

Artilheiro do Sampaio Corrêa na temporada, o atacante Uilliam foi do inferno ao céu na vitória sobre o Paraná. Após errar várias finalizações durante o jogo, o camisa 9 marcou o gol da classificação do Tubarão aos 26 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti, depois que uma finalização de Marlon foi desviada com a mão, dentro da grande área, pelo zagueiro paranista Néris. Depois disso, o Sampaio controlou o jogo, evitou a pressão do Paraná e garantiu a vitória.

Depois de igualar a sua melhor campanha na história da Copa do Brasil, o Sampaio Corrêa pensa agora no duelo da terceira fase, que será contra a Ponte Preta, classificada após vencer a Inter de Limeira. O primeiro jogo entre o Tricolor e a equipe campineira será nesta quarta-feira (28), às 19h30, no Estádio Moisés Lucarelli. A partida de volta será no dia 15 de março, às 19h15, no Estádio Castelão.

Antes de enfrentar a Ponte Preta, porém, o time do Sampaio Corrêa defenderá a sua liderança no Campeonato Maranhense. O Tricolor terá um clássico contra o Maranhão Atlético neste domingo (25), a partir das 16h, no Estádio Castelão. O Paraná, por sua vez, só volta a campo no dia 4 de março, para enfrentar o Cianorte, no Estádio Albino Turbay, pela primeira rodada do returno do Campeonato Maranhense.

O jogo

Como bom mandante, o Sampaio Corrêa tomou a iniciativa nos primeiros minutos da partida no Castelão, enquanto o Paraná tentava impor seu ritmo de jogo, sem sucesso. Apostando nas jogadas de velocidade e cruzamentos para a grande área, a Bolívia Querida chegou com perigo pela primeira vez aos oito minutos: após levantamento de Junio Rocha, Mansur se antecipou a Fernando Sobral e chutou a bola para a linha de fundo.

Sem sofrer qualquer pressão do Paraná, a equipe do Sampaio Corrêa manteve o ritmo no campo de ataque, sempre procurando o gol. Fernando Sobral, aos 21 minutos, arriscou de longe, para defesa tranquila de Thiago Rodrigues. Aos 27, Junio Rocha cobrou falta com veneno, e o camisa 1 do Paraná se esticou todo para espalmar a bola. A resposta paranista veio aos 28 minutos, com Wesley, em chute forte que passou perto do gol do Sampaio.

Dominante, o Sampaio Corrêa desperdiçou uma grande jogada aos 31 minutos. Após passar pela marcação, Rodrigo Fumaça serviu Uilliam, que ficou cara a cara com Thiago Rodrigues, mas chutou para fora. Junio Rocha teve mais uma oportunidade em cobrança de falta, aos 40 minutos, e Thiago Rodrigues salvou o Paraná mais uma vez. Marlon, já aos 43, teve a última chance do Bolivão, em chute cruzado que foi para fora.

Após muita pressão, Sampaio garante classificação com gol de pênalti

Depois de um primeiro tempo de sufoco, o Paraná precisou de apenas um minuto para assustar o Sampaio Corrêa na etapa final. Zezinho, em cobrança de falta, obrigou Andrey a fazer uma defesa no canto. Apesar da iniciativa do Tricolor da Vila Capanema, o Sampaio manteve a superioridade em campo: aos 14 minutos, Fernando Sobral foi lançado na grande área, tocou para o gol, e Néris salvou em cima da linha. Na sobram Marlon cabeceou, Néris tirou a bola novamente, e Rodrigo Fumaça chutou forte, tirando tinta do ângulo paranista.

Sem muitas dificuldades, o Sampaio Corrêa continuou criando chances de gol diante de um atônito Paraná. Aos 17 minutos, Marlon lançou Uilliam, que conseguiu a finalização, mas parou em Thiago Rodrigues. A pressão do Tubarão só teria efeito aos 26 minutos: depois que Néris, na grande área, desviou um chute de Marlon com a mão, Uilliam cobrou pênalti com perfeição e abriu o placar no Castelão.

Em vantagem depois de muita pressão, o time do Sampaio Corrêa diminuiu o ritmo e apostou as suas fichas na forte marcação no meio-campo, além da valorização da posse de bola. Sem forças, o Paraná ainda teve a chance do empate aos 35 minutos: Carlos Eduardo cobrou falta com força, no canto direito, mas Andrey se esticou todo, confirmando a vitória e a classificação do time maranhense.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Junio Rocha, Joécio, Maracás e Kaike (César Sampaio); Silva, Yuri, Fernando Sobral e Marlon (Bruno Moura); Rodrigo Fumaça (James) e Uilliam. Treinador: Francisco Diá

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Junior (Carlos Eduardo), Neris, Márcio e Mansur; Leandro Vilela (Baez), Wesley Dias e Zezinho; Diego Gonçalves, Lucas Fernandes (Rodrigo Carioca) e Zé Carlos. Treinador: Ademir Fesan


Imirante.com